Gente de coragem

Junho 30, 2011 Vice

Não é vulgar encontrá-los num país de cobardolas, invejosos, calões, trapaceiros e merdosos, porém ainda existem.
São poucos, tão poucos que fazem já parte de uma espécie em extinção.

O que ganham em remar contra a maré? NADA... absolutamente NADA.
Porquê? Simples. Por sua e minha culpas. Exacto. Nós que passamos a vida a berrar mas não temos tomates para colocar na ordem os ordinários que nos vão enganando e levando tudo dia após dia.

Sabe o que é a humanidade, a bondade, a moralidade, a decência, o pudor, a honestidade, a integridade, a ética? Esqueça...
Tudo o que julvava saber, tudo o que lhe foi em tempos ensinado, deixou de existir. Abra os olhos, assimile o que vê, pense (se for capaz), e veja no mundo em que vive.

Assustou-se?

Pois é. Não vale a pena cuspir para o lado e fingir que não vê. Ganhe coragem e reaja, não seja um fantoche e casos destes deixarão de existir.