A Casa de Sócrates

Dezembro 5, 2008 Vice

Ele há coisas! Engraçado o que se encontra por esta internet. Não é que encontrei mais uma notícia que já não me deveria causar espanto, mas de facto, tendo em conta o estado da Nação e dos desgraçados dos tugas, não consigo evitar colocar na minha página certas notícias que, a serem verdade, são dignas de adjectivação medíocre.

"Transcrição (à espera dos desmentidos)
"COMO A "CENSURA DEMOCRÁTICA" NÃO PERMITE A PUBLICAÇÃO DESTE TIPO DE INFORMAÇÃO, VAMOS COLABORANDO COM A "SAMIZADT" NA SUA DIVULGAÇÃO.
Não deixem de ler até ao Fim
A Casa de Sócrates no registo predial, não passa de um simples apartamento. Na verdade trata-se de uma casa senhorial no coração de Lisboa.
São cinco assoalhadas dum 3º andar no edifício Heron Castilho. Tem 150 metros quadrados, avaliados em 800.000 euros, que custaram em Fevereiro de1996, 240.000 euros.

Antes vivia num modesto apartamento T2 na calçada Eng. Miguel Pais, em São Bento.

Na garagem tem um Mercedes C230. Longe vão os tempos em que conduzia um modesto Rover 111.

Além disto frequenta restaurantes caros e usa fatos de marca.

Como pode Sócrates viver como um homem rico, com 82 mil euros brutos (57 mil líquidos) que declarou ao Tribunal Constitucional ganhar por ano?
Diz não ter rendimentos de quaisquer empresas, acções ou planos de poupança. O único património que diz ter é o carro, a casa e ordenado.
Esqueceu-se de dizer que foi sócio da Sovenco? Sociedade de Venda de Combustíveis Lda., com sede na Reboleira, Amadora, em que está registado na matrícula da sociedade.
No seu site Sócrates Carvalho Pinto de Sousa, não consta este pormenor.

Segundo fontes, o Ministério Público está a investigar os investimentos governamentais efectuados nas áreas do tratamento de resíduos urbanos, e a sua relação com o financiamento de actividades partidárias, durante o período em que José Sócrates exerceu funções governativas (Ministro do Ambiente de António Guterres).
Uma das principais dúvidas recai sobre o processo de adjudicação do concurso para o sistema da recolha e tratamento de resíduos do Planalto Beirão.

A Sovenco, criada em 1990, era uma Sociedade de Venda de Combustíveis.
A sua constituição: Armando Vara, Fátima Felgueiras, José Sócrates, Virgílio de Sousa.
Sócrates finge, agora, não se lembrar dessa sociedade que fez.
E porque se tenta ele esquecer?
Porque: Armando Vara - condenado a 4 anos de prisão (pena suspensa); no entanto recebeu o prémio do amigo José Sócrates, e agora é ADMINISTRADOR DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS, com 20.000,00 euros por mês, mais extras.
Fátima Felgueiras - andou foragida da Justiça no Brasil dois anos; HOJE É ELEITA PRESIDENTE DE CAMARA DE FELGUEIRAS, e tem imunidade parlamentar.
Virgílio de Sousa - condenado a prisão por um processo de corrupção no Centro de Exames de Condução de Tábua."

Será verdade? "